Justiça anula demissão por justa causa de empregado cleptomaníaco

Por entender que a empregadora não tomou as devidas cautelas para dispensar o empregado mesmo após alegações de problemas de saúde psicológica, a 4ª Câmara do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região manteve a nulidade da justa causa de um funcionário cleptomaníaco dos Correios que foi dispens…
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.