Justiça converte em preventiva a prisão de suspeito de manter funcionária da Prefeitura de Laranjeiras refém


O caso foi registrado como extorsão mediante sequestro. Homem armado invade prédio da Prefeitura de Laranjeiras e fez funcionária refém
TV Sergipe/Reprodução/Arquivo
A Justiça de Sergipe converteu nesta quinta-feira (9), a prisão em flagrante do suspeito de manter funcionária da Prefeitura de Laranjeiras refém, em prisão preventiva. O caso foi registrado como extorsão mediante sequestro.
No entendimento do juiz, a decisão tem como objetivo garantir a ordem pública e assegurar a aplicação da lei penal.
O homem invadiu o local, no final da manhã desta quarta-feira, e se rendeu após negociação com a polícia, e exigiu dinheiro para o pagamento de um boleto. A mulher não foi ferida.
Segundo o delegado, João Eduardo, o suspeito teria procurado o prefeito, como não o encontrou tentou falar isoladamente com algumas pessoas, mas sem êxito acabou abordando a funcionária do gabinete.
“Ele se trancou com a secretária do prefeito, puxou uma faca e um facão e exigiu que ela entrasse em contato com o prefeito apresentando-lhe um bilhete contendo um código para pagamento via PIX da quantia de R$ 1.200. A vítima tentou argumentar com o agressor, se prontificou a realizar esse pagamento, mas o agressor rejeitou e disse que só aceitaria se o pagamento fosse feito pelas pessoas as quais ele indicava como responsáveis”, explicou.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.