Justiça dá 10h para fim dos bloqueios de caminhoneiros em vias de MT

Com 11 pontos de bloqueio, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) terá que liberar os locais de restrição nas rodovias federais no Mato Grosso. A determinação é da Justiça Federal.

Pelo segundo dia consecutivo, caminhoneiros bolsonaristas fazem protestos e impedem a passagem de caminhões de carga. As manifestações começaram no feriado da Independência (7/9) e partiram para bloqueios de rodovias a partir da noite de quarta (8/9).

Os atos têm pauta antidemocrática como a defesa do fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e impeachment de ministros da corte. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem alimentado uma crise entre os Poderes após falas inconstitucionais.

Na decisão desta quinta-feira (9/9), a Justiça determina que a PRF tem 10 horas para mitigar todas as retenções no estado.

“Comunique-se com urgência e pela via mais célere disponível, à Superintendência da Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso”, destaca a decisão.

Os bloqueios

No Mato Grosso, há bloqueios na BR-163, na BR-364 e na BR-070 — esta última liga o estado à Brasília, onde começa o trecho inicial da rodovia.

De acordo com concessionária Rota do Oeste, que administra a rodovia, os atos ocorrem em Várzea Grande, Cuiabá, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Sorriso e Sinop.

Pelo país, os protestos de caminhoneiros seguem em 14 estados. Em cinco têm vias bloqueadas, segundo o Ministério da Infraestrutura.

A PRF registra interdições na Bahia, no Maranhão, em Minas Gerais, no Mato Grosso do Sul e em Santa Cataria.

O post Justiça dá 10h para fim dos bloqueios de caminhoneiros em vias de MT apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.