Lançado mais um projeto de conversão em cargueiro do Boeing 777

A conversão de aviões de passageiros para carga segue a todo vapor e o Boeing 777 ganha fôlego com isso. Recentemente, uma empresa passou a disponibilizar mais um programa de conversão da grande aeronave.

Divulgação – Mammoth




A americana Mammoth Freighters, fundada pelos ex-funcionários da Boeing Bill Wagner e Bill Tarpley, anunciou que está entrando no negócio de conversão de aeronaves Boeing 777 de passageiros para carga. A empresa é baseada em Orlando, na Flórida, e foi criada especialmente para este projeto de conversão, sendo que será a primeira do mundo a utilizar o 777-200LR neste processo.

O 777-200LR (Long Range) é a versão de maior alcance do 777 de primeira geração, e inclusive bateu um recorde mundial ao voar por 22 horas e 43 minutos de Hong Kong para Londres sem escalas passando pela América do Norte.

Esta versão serviu de base para o 777F, que é o jato que já vem de fábrica pronto para cargas, e é um sucesso de vendas. Agora, a versão -200LRMF (Long Range Mammoth Freighter) será oferecida com carga útil 3 toneladas a mais do que o 777F, levando até 105 toneladas. A perda, porém, acontece no volume, mas é pequena, de apenas 3 m³.

Um avião que foi da Delta Air Lines já foi adquirido e está fazendo os primeiros testes em voo antes da conversão. A meta é começar o processo de conversão na metade do ano que vem, visando ter a modificação especial aprovada pela FAA até 2023.

Por sua vez, está nos planos da empresa a conversão do 777-300ER também, mas esse deve ocorrer posteriormente.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Mammoth Freighters




O post Lançado mais um projeto de conversão em cargueiro do Boeing 777 apareceu primeiro em AEROIN.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.