Lira diz que a Câmara mantém a agenda de reformas

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que a Câmara vai continuar com a pauta reformista e destacou que a reforma administrativa será votada na comissão especial na próxima semana. Ele também informou que os parlamentares estão discutindo a segunda etapa da reforma tributária, que unifica em um único imposto, a CBS, o PIS e à Cofins, mas não adiantou quando o texto será votado. “A CBS tem suas repercussões, e agora vamos começar a sentar para ver o texto e atender as demandas e fazer o mais adequado para o País”, disse ele.

“Estamos cumprindo o script que fizemos na campanha, tudo o que está sendo votado foi pauta de nossas eleições. Dizíamos que íamos discutir as reformas, os projetos que destravam a economia foram votados pela Câmara”, afirmou.

7 de Setembro
Em relação às manifestações em defesa do governo, marcadas por ataques do presidente Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal, Lira afirmou “que o 7 de setembro ficou”. Segundo ele, agora o importante é buscar soluções para os três Poderes encontrarem uma saída para governar o Brasil. Arthur Lira também disse esperar uma saída para o pagamento dos precatórios. Ele acredita ainda na mediação do STF, com ajuda do Conselho Nacional de Justiça, para encontrar uma solução para os pagamentos das dívidas da União em 2022.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.