Lira nega ter dito que decisões do STF são inconstitucionais: “Jamais”

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), usou as redes sociais para defender que teve declarações dadas em entrevista concedida nesta quinta-feira (9/9) tiradas de contexto.

Mais cedo, o deputado disse a jornalistas que “ninguém é obrigado a cumprir decisões inconstitucionais”. Segundo ele, apenas as determinações judiciais “corretas” deveriam ser cumpridas, “mesmo que se recorra delas”.

Horas depois, o presidente da Casa negou que o Supremo Tribunal Federal (STF) tomasse decisões inconstitucionais. “Jamais a faria. Decisão judicial se cumpre. Pode ser questionada depois, na esfera judicial. Mas deve ser cumprida”, publicou.

A afirmação ocorreu após Lira ser questionado sobre a fala do presidente da Corte, Luiz Fux, condenando a postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Segundo o deputado, o posicionamento do ministro decorreu de “uma análise que o STF teve da fala [do presidente]”. “Assim como existem outras análises, e nós vamos esperar para ver os acontecimentos”, declarou.

Veja:

A coletiva foi concedida pelo presidente da Câmara antes da sessão da Câmara destinada a votar o novo Código Eleitoral. Os deputados aprovaram o texto-base da proposta ainda nesta tarde. 


0

O post Lira nega ter dito que decisões do STF são inconstitucionais: “Jamais” apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.