Matança de gatos surpreende frequentadores de polo de lazer em Fortaleza


Mais de 10 animais foram encontrados mortos no local. Caso vai ser investigado pela Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, com auxílio das imagens de câmeras de segurança. Gatos apareceram mortos em polo de lazer de Fortaleza
Reprodução
Mais de dez gatos foram encontrados mortos no Polo de Lazer Professor Gustavo Braga, na Avenida João Pessoa, no Bairro Bom Futuro, em Fortaleza, na manhã deste sábado (11). A maioria eram filhotes e estavam com o pescoço quebrado, segundo moradores que ficaram chocados com a cena ao passar pela área.
Vinte gatos são achados mortos com sinais de espancamento em Fortaleza
A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), unidade especializada da Polícia Civil, afirma que tomou conhecimento e investiga o caso de vários gatos encontrados sem vida, próximo ao um polo de lazer. O local possui câmeras de segurança e, segundo a DPMA, as imagens serão usadas para auxiliar as investigações.
A Polícia Civil solicita que os moradores e pessoas que presenciaram o fato registrem o Boletim de Ocorrência (B.O). O registro pode ser feito presencialmente, ou por meio da Delegacia Eletrônica (Deletron).
‘Foi pura maldade’
A autônoma Manuela Dias vai diariamente ao Polo para praticar exercícios e na manhã de hoje encontrou os gatos sem vida.
“Cheguei por volta de 7h e o senhor que costuma alimentar eles já tinha encontrado os gatos mortos, espalhados pelo Polo. A maioria era filhote e estava com o pescoço quebrado, então o senhor foi juntando os gatinhos sem vida”, relata.
Conforme a moradora, vários gatos ficam no local e convivem bem com os frequentadores, que realizam campanhas para ajudar os animais.
“As pessoas convivem super bem com eles. Fizemos até um grupo para doar ração, vai uma pessoa diariamente lá dar ração, medicamento, fazemos campanha para adoção. Eles não fazem mal nenhum, foi pura maldade mesmo”, disse Manuela.
Para o porteiro Gildemarques Nobre, que passa pelo Polo a caminho do trabalho, ver os gatos mortos foi algo muito triste.
“Fiquei chocado e triste, pois como uma pessoa faz aquilo com um gatinho, a maioria novinho. Sempre que passava eles acompanhavam, eu fazia carinho e tinha todo cuidado. Gosto muito de animais, pra mim foi lamentável”, afirma Gildemarques.
Não é a primeira vez que gatos são encontrados morto no Polo de Lazer Professor Gustavo Braga. Em 2013, pelos menos três extermínios de gatos foram registrados na região. Em um dos casos, 20 gatos foram mortos.
Assista às notícias do Ceará no G1 em 1 Minuto
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.