Mulher é presa suspeita de aplicar golpes em idosos e pessoas com deficiência, em Amaralina


Segundo a Polícia Civil, investigada teria feito empréstimos até usando dados do próprio sogro. Prejuízo das vítimas ultrapassa R$ 30 mil reais, diz delegado. Mulher é presa suspeita de aplicar golpes em pessoas idosas e com deficiência
Uma mulher de 48 anos foi presa suspeita de dar golpes em aposentadorias de idosos e pessoas com deficiência, incluindo o próprio sogro de 79 anos, em Amaralina, no norte de Goiás. Segundo a Polícia Civil, Eliene Maria de Jesus Rosa, utilizava cartões das vítimas para sacar os benefícios e fazer empréstimos.
O G1 não conseguiu localizar a defesa da mulher até a última atualização desta reportagem para que ela se posicionasse.
A prisão foi feita pela delegacia de Mara Rosa na terça-feira (14). Conforme o delegado responsável pelo caso, Matheus Ferreira de Oliveira, ao todo, seis pessoas denunciaram a mulher, e os saques eram feitos na própria loja dela.
“Ela conseguia firmar contratos de empréstimos pessoais, usando os cartões com as senhas das vítimas. Falava que ia só sacar a aposentadoria para elas. Só no nome do sogro tem dois empréstimos de R$ 9 mil”, contou o delegado.
Ainda conforme a Polícia Civil, os empréstimos e saques eram feitos há mais de um ano e, ao todo, o prejuízo das pessoas ultrapassa R$ 30 mil. Não foi informado o que a suspeita falou em depoimento.
“São idosos, pessoas aposentadas por invalidez e até pessoas com deficiência. Abusava a confiança das vítimas. É importante que a população se conscientize a nunca oferecer cartões ou senhas a quaisquer pessoas”, finalizou Matheus Ferreira.
LEIA TAMBÉM
Duas mulheres são presas suspeitas de participação em ‘golpe do novo número’, em Goiás
Grupo suspeito de conseguir R$ 650 mil de idosos com golpe do ‘novo número’ é alvo de 31 mandados em Goiânia
Homem é preso suspeito de aplicar golpes usando cheques falsos em comércios da Grande Goiânia
Veja outras notícias em G1 Goiás.
Mulher presa suspeita de aplicar golpes, em Amaralina
Divulgação/PCGO
VÍDEOS: últimas notícias de Goiás
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.