“Não vim aqui para brincar, vim porque é o Brusque”, diz Waguinho Dias, novo técnico do clube

Waguinho Dias foi anunciado oficialmente como o novo técnico do Brusque durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira, 13. O treinador, que foi um dos grandes nomes da conquista da Série D do Campeonato Brasileiro em 2019, retorna para comandar o clube agora na Série B.

A equipe está a nove jogos sem vencer e, de acordo com o diretor de futebol, André Rezini, o conhecimento de Waguinho sobre o Brusque, além do histórico do treinador, contou muito na hora de definir o novo treinador.

“O Waguinho é um treinador que tem conhecimento de nossa estrutura física e de elenco. Hoje temos pouco tempo para treinar entre um partida e outra e precisaríamos de alguém que já conhecesse a nossa estrutura, e nada melhor que o Waguinho, que foi campeão no Brusque. Entendemos que era o caminho mais curto para essa reviravolta que precisamos”.

Rezini afirma que a diretoria tinha uma lista com mais de 20 nomes de treinadores, alguns bastante conceituados, mas Waguinho se sobressaiu entre todos. “Na nossa reunião final, entendemos que tinha que dar o voto de confiança pro Waguinho pela história dele. Entendemos que o pouco espaço de treinamento, a motivação dele junto ao trabalho em campo vai nos ajudar. Vamos nos unir, sacudir o elenco e vamos sair dessa”.

O vice-presidente do clube, Carlos Beuting, afirma que Waguinho não caiu de paraquedas no clube e que tem tudo para, junto com a equipe, dar a volta por cima na competição. ‘O Waguinho já tem cravado o nome dele na história do Brusque. Muitos estão só olhando a parte de baixo da tabela, mas não trouxemos ele para salvar, mas para fazer uma grande competição na Série B. O Brusque tem totais condições de bater na parte de cima. Quem acredita faz”.

Waguinho, por sua vez, afirma que quando recebeu o convite para retornar ao clube, encarou como uma convocação. O novo técnico está confiante de que a equipe irá reverter esta fase ruim dentro da competição. “Vejo que com alguns resultados positivos, se sobe muito na tabela. O que está faltando para o grupo é o resultado. Qualquer um que fica nove jogos sem vencer fica inseguro. Tudo que temos que fazer é mostrar essa união”.

O técnico considera sua primeira passagem pelo clube, em 2019, como o auge de sua carreira e destaca toda a mudança da equipe, que mesmo sem a estrutura ideal, está entre os 40 melhores times do Brasil.

“Fui campeão brasileiro com todos vocês. Não fiz nada sozinho, a torcida foi fundamental, lotou a arquibancada em todos os jogos. Conseguimos o acesso e fomos atrás do título. O Brusque está entre as melhores equipes do país, independente da estrutura física. Não vim aqui para brincar. Vim porque é o Brusque. O clube tem condições. Analisei cada atleta que está aqui. Se eu aceitei, é porque temos condições de contribuir. O grupo é muito bom”.

O presidente do clube, Danilo Rezini, destaca que a intenção não é trazer o ‘salvador da pátria’, mas alguém que contribua para o retorno dos bons resultados dentro de campo. “Ele conhece 80% dos nossos atletas. Não tenho dúvida que trouxemos a pessoa certa para manter o Brusque na Série B e, aí sim, teremos tempo de fazer um trabalho mais aprofundado para o ano que vem”.

The post “Não vim aqui para brincar, vim porque é o Brusque”, diz Waguinho Dias, novo técnico do clube appeared first on O Município.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.