Nensi Dojaka: conheça a estilista vencedora do Prêmio LVMH 2021

E o Prêmio LVMH 2021 para Jovens Designers foi para… A estilista albanesa Nensi Dojaka, que comanda uma marca homônima de moda feminina, baseada em Londres (Reino Unido). Com Virgil Abloh, Marc Jacobs e Stella McCartney no júri, a cerimônia que escolheu a vencedora entre os nove finalistas ocorreu no último dia 7, na Louis Vuitton Foundation, em Paris (França). Dojaka já vestiu celebridades como Sophie Turner, Emma Corrin e, mais notavelmente, Bella Hadid, no MTV Video Music Awards 2020.

Vem conhecer a trajetória dela!

Sensualidade, recortes e assimetria

O prêmio veio em boa hora para Nensi Dojaka, que prepara seu primeiro desfile autônomo na Semana de Moda de Londres, no dia 17 deste mês, em formato presencial. Esta será sua quarta coleção de passarela. Baseada na capital inglesa, ela tem 28 anos, lançou a grife homônima em 2017 e é conhecida pelas roupas que incorporam recortes, transparências e tiras assimétricas repletas de sensualidade, e que lembram lingeries, com um toque dos anos 1990.

Sobre a estética sexy, Dojaka contou à Vogue.com: “Eu amo corpos femininos, clavículas, costas. É por isso que eu faço isso. Eu tinha um vestido que estava vendendo muito, em toda parte – o vestidinho preto que todo mundo tinha, porque vamos voltar a sair”, acredita.

Bacharel e mestre pela Central Saint Martins, a designer estagiou nas labels Peter Pilotto e Fyodor Golan e tem nomes como Helmut Lang e Ann Demeulemeester no rol de principais inspirações. Em 2019, Dojaka apresentou a coleção final da pós-graduação – com peças de painéis transparentes e recortes desconstruídos –, desenhou uma coleção-cápsula para a varejista on-line Ssense e se apresentou no LFW pela plataforma de apoio a estilistas emergentes Fashion East, que fez seu nome na cena de moda londrina.

Já no ano seguinte, participou da primeira edição de um programa de mentoria criado por Alessandro Dell’Acqua e Tomorrow London. Por meio dessa oportunidade, as peças da marca homônima da albanesa entraram à venda em 30 pontos ao redor do mundo. Atualmente, a lista inclui varejistas como a já citada Ssense, a Selfridges e a Farfetch.

Estilista albanesa Nensi Dojaka, vencedora do Prêmio LVMH 2021
A estilista albanesa Nensi Dojaka é a vencedora do Prêmio LVMH 2021

 

Nensi Dojaka
Ela comanda uma grife homônima de moda feminina, baseada em Londres e lançada em 2017. No primeiro trimestre deste ano, um de seus vestidos apareceu entre os 10 itens femininos mais desejados do ranking Lyst Index Q1 2021

 

Bella Hadid vestindo Nensi Dojaka
Bella Hadid vestiu a marca para comparecer ao MTV Video Music Awards 2020, no fim de agosto do ano passado. Após a aparição da modelo, o look (do outono/inverno 2020) esgotou rapidamente

 

Sophie Turner vestindo Nensi Dojaka
Sophie Turner também já vestiu. Aqui, ela aparece em um clique compartilhado no Instagram

 

Emily Ratajkowski vestindo Nensi Dojaka
Mais recentemente, Emily Ratajkowski no Tribeca Festival 2021, em junho

 

Vitória inesperada

Marc Jacobs contou ao WWD que a designer albanesa foi voto unânime de todo o painel de jurados, algo que ele não lembra de ter acontecido desde que entrou para o júri, em 2014. Vice-presidente executiva da Louis Vuitton e criadora do Prêmio LVMH, Delphine Arnault considera Dojaka uma estilista humilde, com produtos originais e de extrema qualidade. Além dos 300 mil euros, ela ganhou uma mentoria de um ano do grupo LVMH, como acontece em todas as edições.

Nensi Dojaka revelou que não esperava ganhar o prêmio, mas estava confiante com sua apresentação. “Eu vim de um passado de lingerie. Por causa disso, presto muita atenção aos detalhes menores. Acho que esse foi o ponto de diferença”, comentou a designer. Com o dinheiro do prêmio, ela quer tornar a marca mais completa, investir na produção e na expansão da equipe, além de oferecer mais acessórios do que a oferta atual.

“Quando comecei, tinha uma base de clientes muito jovem e, agora, com a coleção se desenvolvendo com um pouco mais de alfaiataria e looks mais fortes, está mudando um pouco. É um público mais amplo, e quero torná-la muito mais versátil. Terei ainda mais oportunidade de desenvolver coisas”, disse a estilista.

Selfie de Stella McCartney com o juri do Premio LVMH 2021
Sidney Toledano, Marc Jacobs, Jonathan Anderson, Delphine Arnault, Jean-Paul Claverie, Virgil Abloh, Stella McCartney, Isabelle Huppert, Kim Jones e Bernard Arnault na cerimônia da final do Prêmio LVMH 2021

 

Looks da marca Nensi Dojaka
A estética de Nensi Dojaka envolve assimetrias, recortes sensuais e transparências

 

Peça da marca Nensi Dojaka
Com o valor do prêmio, ela promete tornar a marca mais completa

 

Peça da marca Nensi Dojaka
No dia 17 de setembro, ela se apresentará na Semana de Moda de Londres, em seu primeiro desfile autônomo no evento

 

Isabelle Huppert, Nensi Dojaka e Delphine Arnault
A atriz francesa Isabelle Huppert entregou o prêmio a Dojaka. Ao lado das duas, posa Delphine Arnault, criadora do LVMH Prize e vice-presidente executiva da Louis Vuitton

 

LVMH Prize for Young Designers 2021

A 8ª edição do Prêmio LVMH retomou o formato presencial após cancelar a final de 2020 por causa da pandemia de Covid-19. Na ocasião, o prêmio foi dividido entre os oito finalistas. Agora, enquanto Nensi Dojaka ganhou a honraria principal, o prêmio secundário Karl Lagerfeld/Special Jury Prize foi entregue de maneira conjunta a três estilistas: Colm Dillane, Rui Zhou e Lukhanyo Mdingi. Cada um receberá uma mentoria de um ano e 150 mil euros.

Nensi Dojaka, KidSuper, Lukhanyo Mdingi, Rui com o júri e Isabelle Huppert
Não foi só Nensi Dojaka que saiu premiada. Mais três estilistas levaram o Karl Lagerfeld/Special Jury Prize para casa. Aqui, os quatro designers posam com o júri e Isabelle Huppert

 

Rui Zhou, da Rui
A chinesa Rui Zhou, 26, é a fundadora da Rui, marca de moda para todos os gêneros

 

O sul-africano Lukhanyo Mdingi tem 29 anos e comanda uma marca homônima de moda masculina e feminina
O sul-africano Lukhanyo Mdingi tem 29 anos e comanda uma marca homônima de moda masculina e feminina

 

Colm Dillane, da KidSuper
Colm Dillane é o fundador da KidSuper, de moda feminina e masculina. O estilista norte-americano tem 29 anos

 

O júri teve nomes como Virgil Abloh, Stella McCartney, Jonathan Anderson e, pela primeira vez, Kim Jones, diretor criativo da linha masculina da Dior e das linhas de moda feminina e alta-costura da Fendi. Quem revelou o ganhador foi a atriz francesa Isabelle Huppert. Ao todo, o prêmio teve 1,9 mil candidatos, de 110 países.

Como de costume, três estudantes de moda foram selecionados para estagiar em marcas do grupo LVMH por um ano: Adam Kost (França), Franziska Simon (Alemanha) e Eric Starc (Itália) estagiarão no masculino da Louis Vuitton e Dior, e no feminino da Dior, respectivamente. Cada um ganhou 10 mil euros.

Colaborou Hebert Madeira

O post Nensi Dojaka: conheça a estilista vencedora do Prêmio LVMH 2021 apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.