Núcleo Casa vai premiar arquitetos e designers no palco do Oscar

Divulgação

Divulgação

Ramon Giraldi, fundador do Núcleo Casa

Em meados de 2005, no segundo ano do curso de publicidade e propaganda em Campinas, interior de São Paulo, aos 22 anos de idade Ramon Giraldi decidiu abrir uma agência de publicidade focada no varejo. A “sede” do negócio ficava na sala da casa de sua mãe. Depois de experiências infantojuvenis anteriores como vendedor de tapetes, locutor em porta de lojas, lavador de carros e dono de duas lojas de bijuterias, ele finalmente encontrava sua vocação.

Ainda no início da faculdade, Ramon participou de um concurso para a criação de uma campanha valorizando a terceira idade para a Unimed – e ganhou. “Eu lia dois livros por semana de várias áreas da publicidade e me familiarizei rapidamente com esse mercado”, lembra. Em 2007, sua agência já era reconhecida como uma das maiores administradoras de mídia do interior de São Paulo.

“Em 2008, o mercado financeiro balançou, e como minha carteira de clientes era 80% dependente de financiamentos, decidi olhar para um mercado que estava em ascensão, o da construção civil”, conta o empreendedor. Ele criou então uma célula para clientes desse segmento dentro da agência – que em pouco tempo se tornaria a única no Brasil especializada em arquitetura, design e construção civil, criando e administrando programas de relacionamentos para grandes indústrias e grupos de lojas fornecedoras, ao mesmo tempo atraindo e fidelizando arquitetos por meio de programas de incentivo. Nascia assim o Núcleo Casa, que ampliava o foco do negócio para as principais capitais do Brasil. “Somos pioneiros no país em programas de fidelização e de reconhecimento dirigido a clientes que estão construindo, arquitetos, designers e lojas fornecedoras de produtos e serviços”, diz o fundador. “Temos o maior histórico de premiação já visto no mercado, com mais de 5 mil profissionais levando para casa prêmios que vão de canetas Mont Blanc a Porsches”, afirma Ramon. Outras grifes que firmaram parceria com o Núcleo Casa foram Louis Vuitton, Rolex, Tiffany e Chandon, entre outras.

A empresa também ficou conhecida pelos eventos de luxo que realiza em transatlânticos, ilhas particulares, castelos e hotéis cinco estrelas pelo mundo. Para uma premiação para 25 ganhadores em 2017, reservou com exclusividade o Museu Baccarat, em Paris, onde foi realizado um jantar especial. Em 2018, a premiação incluiu visita à icônica Art Basel, em Miami, seguida de cerimônia a bordo de um dos maiores megaiates da América do Norte, o Sea Fair, que navegou até Key Biscayne no primeiro evento para brasileiros de sua história. Em 2019 promoveu um dos dois maiores eventos de Dubai, com 180 ganhadores hospedados no indescritível complexo de Jumeirah. Para 2022 está programada a premiação de 150 arquitetos e designers de interiores de todo o país no salão do Palazzo Parigi, de Milão. Mas antes, em dezembro deste ano, a cerimônia de encerramento da campanha 2020/21/22 vai premiar mais de 300 profissionais no Dolby Theatre Los Angeles, onde é celebrada a premiação mais importante do mundo: o Oscar.

Tamanha dedicação aos profissionais e tamanha criatividade em transformar reconhecimento em encantamento fizeram com que hoje o Núcleo Casa atingisse a marca de 10 mil arquitetos e designers atuantes no programa, 150 lojas fornecedoras cadastradas e uma movimentação bilionária para seus parceiros espalhados pelo país.

*Infomercial é conteúdo patrocinado, de responsabilidade exclusiva dos autores, e não reflete a opinião da Forbes Brasil e de seus editores.

O post Núcleo Casa vai premiar arquitetos e designers no palco do Oscar apareceu primeiro em Forbes Brasil.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.