• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Prefeitura de Piracicaba deve multar organização de festa irregular de Carnaval


Polícia aponta falta de alvará, de autorização do DER, proibição de venda de bebida alcoólica às margens de rodovia e irregularidades fiscais. Cerca de 2 mil ingressos foram vendidos. Prefeitura de Piracicaba deve multar organização de festa irregular de Carnaval
A Prefeitura de Piracicaba (SP) anunciou, neste domingo (12), que vai multar a organização de uma festa particular de Carnaval após força-tarefa apontar irregularidades. O evento, que ocorreria no último sábado (10) em espaço privado na Rodovia Margarida da Graça Martins (SP-135), no distrito de Tupi, teve 2 mil ingressos vendidos. -📺 Veja no vídeo, acima. 👆
📲 Receba no WhatsApp notícias da região de Piracicaba
Entre as irregularidades apontadas na força-tarefa, estavam ausência de alvará, falta de autorização do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-SP) e inadequações fiscais. Leia mais, em detalhes, na reportagem, abaixo.
Comunicado de interdição da prefeitura no local
Polícia Militar Rodoviária
Interdição
A Polícia Militar Rodoviária (PMR) informou que deu apoio à prefeitura na interdição de um evento de Carnaval irregular, em Piracicaba (SP), na tarde deste sábado (10).
O evento aconteceria em um espaço localizado na Rodovia Margarida da Graça Martins (SP-135), no distrito de Tupi, tinha previsão de início às 22h deste sábado, e cerca de 2 mil ingressos vendidos.
Segundo a PMR, a interdição ocorreu às 14h30, por uma equipe técnica da prefeitura, que também teve apoio da Guarda Municipal de Piracicaba e Departamento de Estradas de Rodagem (DER-SP).
A corporação explicou que a medida foi em cumprimento a um processo administrativo da prefeitura.
Viaturas e agentes que participaram da ação de interdição
Polícia Militar Rodoviária

A Polícia Militar elencou as seguintes irregularidades:
Falta de alvará;
Falta de autorização do DER-SP para o evento – a corporação aponta que uma portaria especifica que deve haver segurança viária, porém, o local não possui iluminação artificial, acesso seguro para o evento específico ou faixas de aceleração e desaceleração;
Proibição em lei de venda de bebida alcoólica em estabelecimento às margens da rodovia;
Irregularidades fiscais quanto às autorizações de funcionamento.
“A rodovia possui tráfego de veículos pesados devido ao Distrito industrial de Piracicaba. Assim, o acúmulo de veículos pode causar sinistralidade grave e fatal”, destacou a PMR, em relação ao trânsito na região.
O g1 pediu um posicionamento à organização, mas não houve retorno até a última atualização desta notícia.
VÍDEOS: Tudo sobre Piracicaba e região
Veja mais notícias no g1 Piracicaba

Adicionar aos favoritos o Link permanente.
 
  • New Page 1