• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Assassino de Brent Sikkema invadiu a casa do galerista outras duas vezes antes de matá-lo, diz investigação


Ao confessar o crime, o cubano afirmou à polícia que agiu a mando de Daniel Garcia Carrera, ex-marido da vítima. Assassino de Brent Sikkema invadiu a casa do galerista outras duas vezes antes de matá-lo
Antes de matar o galerista americano Brent Sikkema na casa dele, em janeiro, o assassino Alejandro Prevez foi ao Rio e invadiu o local do crime outras duas vezes. Ao confessar o crime, o cubano afirmou à polícia que agiu a mando de Daniel Garcia Carrera, ex-marido da vítima. (Veja mais na reportagem completa acima).
Na primeira vez, Alejandro mapeou a rua onde o americano morava, imaginou maneiras de cometer o crime e identificou possíveis rotas de fuga. Ele também tirou fotos — uma cama de casal e do cofre.
Na segunda vez, fez uma selfie e quase cometeu o crime. Alejandro contou à polícia que, dessa vez, entrou na casa quando Brent estava dormindo, trancado no quarto. Ele, então, desligou a energia, para tentar fazer o galerista acordar com o calor e sair do quarto.
Imagens mostram cubano que matou galerista Brent Sikkema manuseando besta; veja VÍDEO
Selfie que Alejandro tirou durante a segunda invasão na casa de Brent.
Reprodução/Fantástico
Alejandro, no entanto, disse que, como ainda estava indeciso e se sentia nervoso, foi embora antes de Brent eventualmente acordar e sair do quarto.
Quando finalmente decidiu matar Brent, Alejandro foi ao Rio num carro emprestado por uma família brasileira de quem recebia ajuda em São Paulo. Após passar 14 horas no carro, ele entrou na casa e deu 18 golpes de faca no americano.
Auxílio financeiro
Segundo o delegado responsável, Rômulo Assis, o assassino de Brent recebia dinheiro de Daniel.
“Ele [Daniel] passa a sustentar o Alejandro na vida que ele levava em São Paulo, fazendo remessas regulares de dinheiro”, explicou.
Daniel Garcia Carrera, ex-marido de Brent Sikkema.
Reprodução/Fantástico
Segundo a investigação, com o dinheiro, Alejandro tirou carteira de motorista, comprou um celular e financiou a logística do assassinato encomendado por Daniel.
Daniel, ainda conforme o delegado, também enviou para Alejandro a chave do apartamento de Brent, com objetivo de facilitar a execução do crime.
O crime
O assassinato aconteceu em 15 de janeiro no Jardim Botânico, Zona Sul do Rio. Brent Sikemma, de 75 anos, foi encontrado por uma amiga morto com 18 facadas na casa dele. O cubano Alejandro Triana Prevez foi preso pelo crime no dia 18 de janeiro, e afirmou à polícia que agiu a mando de Daniel Sikkema, ex-marido da vítima.
Com essas informações, a Justiça decretou a prisão preventiva do ex-marido de Brent. Agora, segundo o delegado, há possibilidade de que Daniel cumpra pena nos EUA.
A reportagem procurou Daniel em Nova York, mas ele não quis gravar entrevista.
DECLARAÇÃO DA DEFESA DE DANIEL SIKKEM
Na data de hoje, o Escritório Fabiana Marques Advocacia e Consultoria anuncia com seriedade sua representação legal do Sr. Daniel Sikkema, viúvo do renomado galerista de arte de Nova York, Brent Sikkema, cuja vida foi tragicamente ceifada em janeiro deste ano, em sua residência no Rio de Janeiro. A perda de Brent Sikkema ressoa não apenas no âmbito das artes, mas também como um momento de profunda tristeza pessoal para Daniel. Diante da considerável atenção da mídia ao caso e das recentes notícias que infundadamente sugerem o envolvimento do Sr. Daniel na morte de seu esposo, sentimos a necessidade de esclarecer alguns pontos cruciais. Mais notavelmente, é preciso afirmar que o Sr. Daniel não foi, até o momento presente, convocado para oferecer esclarecimentos formais ou prestar depoimento à justiça. A ausência de tal convocação sublinha uma preocupante falta de procedimento padrão, considerando a gravidade das acusações veiculadas. É imperativo destacar que, apesar da proximidade e do relacionamento tanto profissional quanto pessoal entre Brent Sikkema e quem lhe tirou a vida, não há fundamentos legais que justifiquem as suspeitas lançadas sobre o Sr. Sikkema. A conjectura de seu envolvimento nesse ato horrendo reflete, lamentavelmente, os preconceitos estruturais ainda persistentes em nossa sociedade, especialmente contra membros da comunidade LGBTQIA+. A natureza do crime, marcada por indícios de passionalidade, demanda uma investigação meticulosa e isenta, que considere todas as possíveis vertentes sem recorrer a estigmatizações prejudiciais.
O Escritório Fabiana Marques Advocacia e Consultoria está comprometido em defender os direitos do Sr. Daniel Sikkema com a máxima diligência e em buscar justiça para Brent Sikkema, assegurando que as verdadeiras circunstâncias de sua morte sejam esclarecidas. Reiteramos nosso apelo para que o processo legal seja conduzido com a integridade e a transparência que a justiça requer, garantindo o direito de defesa sem preconceitos ou préjulgamentos. Agradecemos o apoio e a compreensão da comunidade e da imprensa durante este período desafiador. Adicionalmente, é fundamental reconhecer que o Sr. Daniel Silkema não enfrenta este momento doloroso apenas como viúvo, mas também como pai do filho de Brent Sikkema. Nesse período de luto e ajuste, Daniel se esforça não só para processar sua própria perda, mas também para amparar seu filho, que agora navega pela vida sem a presença física de seu outro pai. Neste contexto de imensa tristeza e vulnerabilidade, pedimos encarecidamente à mídia e ao público que respeitem a privacidade e a integridade da família Sikkema. É essencial que permitamos a eles o espaço e o tempo necessários para lidar com sua dor, sem o peso adicional de especulações infundadas e intrusões invasivas. Nossa prioridade é assegurar que o filho de Brent e Daniel receba o cuidado e o apoio necessários, enquanto lutamos por justiça em nome de Brent, preservando a dignidade e o bem-estar de sua família.
Veja a reportagem completa abaixo:
Assassino comprou besta para matar galerista americano
LEIA MAIS:
Brent Sikkema: quem era o galerista encontrado morto na Zona Sul do Rio
Galerista Brent Sikkema foi morto com 18 facadas, diz polícia
Veja o que já se sabe sobre o assassinato do galerista americano Brent Sikkema no Rio
Ouça os podcasts do Fantástico
ISSO É FANTÁSTICO
O podcast Isso É Fantástico está disponível no g1, Globoplay, Deezer, Spotify, Google Podcasts, Apple Podcasts e Amazon Music trazendo grandes reportagens, investigações e histórias fascinantes em podcast com o selo de jornalismo do Fantástico: profundidade, contexto e informação. Siga, curta ou assine o Isso É Fantástico no seu tocador de podcasts favorito. Todo domingo tem um episódio novo.
PRAZER, RENATA
O podcast ‘Prazer, Renata’ está disponível no g1, no Globoplay, no Deezer, no Spotify, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, na Amazon Music ou no seu aplicativo favorito. Siga, assine e curta o ‘Prazer, Renata’ na sua plataforma preferida.
BICHOS NA ESCUTA
O podcast ‘Bichos Na Escuta’ está disponível no g1, no Globoplay, no Deezer, no Spotify, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, na Amazon Music ou no seu aplicativo favorito.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.
 
  • New Page 1