• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Articulação dos vereadores em Florianópolis indica 17 votos pela cassação de Maikon Costa

Tudo indica que o vereador Maikon Costa (PL) deverá ser cassado na próxima segunda-feira (4), em sessão agendada para às 16h, na Câmara de Vereadores de Florianópolis.

Maikon Costa e a cassação da Câmara de Vereadores

Vereador Maikon Costa “protesta” contra o esvaziamento da sessão – Foto: Leo Munhoz/ND

Com uma relação pouco amigável entre os vereadores e uma série de polêmicas no currículo, há um movimento de 17 vereadores que já definiram, internamente, pela aprovação da cassação do parlamentar:

  • João Cobalchini (União Brasil)
  • Dinho (União Brasil)
  • Dalmo Menezes (União Brasil)
  • Dinho (União Brasil)
  • Bericó (União Brasil)
  • Josimar Pereira (Mamá) (União Brasil)
  • Pri Fernandes (Podemos)
  • Gui Pereira (Podemos)
  • Gilberto Pinheiro (Gemada) (Podemos)
  • Gabrielzinho (Podemos)
  • Roberto Katumi (PSD)
  • Diácono Ricardo (PSD)
  • Adrianinho (Republicanos)
  • Claudinei Marques (Republicanos)
  • Maryanne Matos (PL)
  • Jeferson Backer (PSDB)
  • João Luiz (PSC)
  • Carla Ayres (PT)

Maikon Costa, é importante lembrar, já esteve às vias de ser cassado em outras três oportunidades: duas foram vetadas antes de ir a Plenário. A outra, em 2019, não arrecadou o número de votos suficientes.

Maikon Costa (PL) é vereador em Florianópolis – Foto: CMF/Divulgação/ND

Maikon Costa foi denunciado pelo segundo suplente, Sargento Mattos (PL) de impedi-lo de legislar quando ele, Mattos, assumiu a cadeira.

Uma confusão entre os dois, inclusive, quase resultou em vias de fato. Maikon Costa, ao ser questionado, alega “perseguição” dos demais pares.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.
 
  • New Page 1