• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Terremoto em Taiwan: 70 mineiros ficam presos em minas após tremor, dizem autoridades


Tremor de magnitude de 7,7 é o mais forte registrado no país em 25 anos. Alerta de tsunami chegou a ser emitido para o Japão e para as Filipinas. Cinquenta pessoas estão desaparecidas. Terremoto atinge Taiwan
Setenta mineiros estão presos em minas de Taiwan após o forte terremoto que atingiu o país nesta quarta-feira (3).
A polícia local afirmou que os mineiros estão presos na região do epicentro do tremor.
Sessenta e quatro pessoas ficaram presas em uma mina de carvão e seis pessoas em uma mina diferente, segundo a polícia local. As autoridades afirmaram que ainda não haviam começado os trabalhos de resgate aos mineiros.
✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp
Um forte terremoto de magnitude 7,7 deixou nove mortos e 946 feridos em Taiwan, na manhã desta quarta-feira (3), pelo horário local. Alertas de risco de tsunami chegaram a ser emitidos para o Japão e para as Filipinas.
O que se sabe até agora:
Esse é o terremoto mais forte registrado em Taiwan nos últimos 25 anos.
Segundo a Agência Meteorológica do Japão, um tremor de magnitude 7,7 foi registrado na costa leste de Taiwan.
Pelo menos 26 edifícios desabaram, sendo mais da metade na cidade de Hualien.
As autoridades afirmaram que 77 pessoas ficaram presas entre escombros de imóveis danificados pelo terremoto.
Outras 50 pessoas, a maioria turistas, que estavam em quatro microônibus, estão desaparecidas.
Em Taipei, parte da cidade ficou sem energia. Um vídeo mostra passageiros assustados dentro de um vagão do metrô.
Após o tremor, alertas para risco de tsunami foram emitidos para ilhas do Japão e das Filipinas e cancelados cerca de três horas depois.
O terremoto também foi sentido em cidades da costa da China, incluindo Xangai.
Prédios destruídos e risco de tsunami: qual o risco que representa um terremoto de 7,5, como o que atingiu Taiwan
Estragos em Taiwan
Prédio ficou inclinado na cidade de Hualien, em Taiwan, após forte terremoto em 3 de abril de 2024
TVBS
Segundo as autoridades, as quatro pessoas que morreram estavam no condado montanhoso e pouco povoado de Hualien, que fica próximo ao epicentro do tremor, na costa leste da ilha, a cerca de 150 km da capital, Taipei. Diversos imóveis ficaram danificados na região, incluindo dois prédios que tombaram.
De acordo com a Agência Meteorológica do Japão, o tremor foi de magnitude 7,7. Ele teria ocorrido a apenas 15,5 km da superfície, o que explica o poder de destruição elevado.
Em todo o país, pelo menos 26 edifícios desabaram, de acordo com as autoridades. Socorristas trabalharam no resgate de dezenas de pessoas que ficaram presas entre os escombros. O governo calculou o número de feridos em 821.
Segundo as autoridades, cerca de 50 pessoas — a maioria turistas — que estavam em quatro microônibus e visitariam um parque nacional estão desaparecidas. Não há confirmação sobre a nacionalidade destes até a última atualização.
Deslizamentos de terra também foram registrados após o tremor. Na capital Taipei, parte da cidade ficou sem energia. Carros foram obrigados a parar nas rodovias durante o terremoto. Veja no vídeo abaixo:
Câmera em carro registra momento em que terremoto balança veículos em rodovia de Taiwan
Um brasileiro registrou o momento móveis e objetos em seu apartamento se movem e ele precisa deixar a sua residência. Confira:
Brasileiro grava vídeo durante o terremoto em Taiwan
Tremores secundários ainda puderam ser sentidos em Taipé, com mais de 50 registrados, segundo as autoridades meteorológicas.
A agência oficial de notícias de Taiwan afirmou que esse é o terremoto mais forte registrado desde 1999, há 25 anos, quando um tremor provocou a morte de 2,4 mil pessoas e danificou 50 mil imóveis.
Prédio tombou após terremoto em Taiwan
TVBS via AP
Risco de tsunami
Alertas de risco de tsunami foram emitidos pelas autoridades para áreas costeiras de ilhas do Japão e das Filipinas.
Em um primeiro momento, as autoridades chegaram a alertar para ondas de até 3 metros na ilha japonesa de Okinawa. Moradores que vivem na região receberam uma ordem de retirada.
Cerca de três horas após o terremoto, o Japão cancelou os alertas de tsunami. A TV japonesa NHK disse que ondas de 30 centímetros foram registradas na ilha japonesa de Yonaguni, que fica a cerca de 100 km da costa leste de Taiwan.
Já nas Filipinas, o governo também pediu para que moradores de áreas costeiras deixassem suas casas.
Local onde houve um terremoto perto de Taiwan
Barbara Miranda/g1
VÍDEOS: mais assistidos do g1
Adicionar aos favoritos o Link permanente.
 
  • New Page 1