Paradoxo dos dados

Se o dados são o novo petróleo, como rege o jargão propagado no meio tecnológico, as empresas não têm sido competentes no refino dessa matéria-prima. Estudo encomendado pela Dell Technologies junto a Forrester Consulting mostra que 73% das empresas no Brasil têm negócios orientados por dados, mas só 28% conseguem tratá-los de forma adequada.

A conclusão é paradoxal: enquanto há aumento exponencial em volume, velocidade e variedade de informações geradas, existe também falta de conhecimento e ferramentas adequadas, dificuldade de integração (silos) e riscos associados à privacidade e segurança. O desafio é grande para transformar os dados em vantagem competitiva. Confira os insights do ambiente brasileiro:

Fabio X

(Nota publicada na edição 1239 da Revista Dinheiro)

O post Paradoxo dos dados apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.