PM flagra ‘Tribunal do Crime’ e salva adolescente que era torturado

Granja Werneck, Região Norte de Belo Horizonte, uma invasão de terra. Uma guarnição da Polícia Militar, comandada pelo sargento Carvalho, fazia uma ronda de rotina, quando foram parados por um morador, que denunciou que numa certa casa um homem estaria com integrantes do “Tribunal do Crime”, sendo torturado.

Os policiais conseguiram, assim, salvar um adolescente, de 17 anos, que estava sendo torturado, prender os quatro agressores, um de 17 anos e três de 18, e apreender uma grande quantidade de drogas.

O fato ocorreu na manhã desta quarta-feira (15/9). Depois de receberem a denúncia, os policiais foram até o local e encontraram o adolescente, que estava amarrado, sendo agredido com marteladas e pauladas.

Os quatro agressores se assustaram, mas não tiveram tempo de fugir, pois a casa foi cercada por outra guarnição da PM, comandada pelo sargento Hugo. Os quatro foram presos imediatamente.

Numa busca realizada na casa, depois das prisões, os policiais encontraram 720 pedras de crack, 48 porções de maconha, uma porção de cocaína e R$ 281 em dinheiro.

O caso foi encaminhado para a Polícia Civil, enquanto o menor apreendido foi levado para a Delegacia de Menores. O objetivo das investigações, agora, é descobrir os motivos da tortura e possível extermínio – que, segundo suposições, só não aconteceu devido à chegada da PM –, e descobrir quem seriam os mandantes da tortura.

 

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.