Polícia Civil localiza barracão em Campinas que abastece empresas de sinais piratas de internet


No local foram apreendidos toneladas de fios e equipamentos de empresas como Vivo e Claro/NET; proprietário de 21 anos foi preso por receptação. Equipe do Deic no barracão onde foram apreendidos equipamentos em Campinas (SP)
Polícia Civil/Divulgação
Policiais civis localizaram um barracão de sucatas no Jardim Satélite Íris, em Campinas (SP), que supostamente abasteceria empresas que negociam sinais de internet e TV de forma clandestina. No local foram encontradas toneladas de fios, painéis e equipamentos de torres de transmissão das empresas Vivo e NET/Claro – representantes das companhias foram acionados para confirmar a origem dos equipamentos. Um homem de 21 anos foi preso.
A ação ocorreu por trabalho da Divisão Especializada de Investigações Criminais (DEIC), por meio da 1ª DIG de Campinas e com apoio da Guarda Municipal. Segundo as equipes, havia tanto equipamentos novos quanto usados, e entre os produtos apreendidos estavam, inclusive, escadas de veículos dessas empresas. Foram preciso caminhões para retirar os materiais do local – da Claro/NET, seria cerca de meio milhão de peças.
Segundo a Guarda Municipal, o proprietário do barracão, de 21 anos, não soube justificar a origem dos materiais encontrados. Ele teria dito, de forma informa, que adquire equipamentos de diversos lugares de São Paulo e de outros estados há três anos, e que esses aparelhos são revendidos a empresas que atuam de forma clandestina.
O homem foi autuado por receptação qualificada e encaminhado à cadeia anexa ao 2º Distrito Policial de Campinas.
Empresas de telefonia, TV a cabo e internet reconheceram equipamentos no barracão no Jd. Satélite Íris, em Campinas
Polícia Civil/Divulgação
VÍDEOS: saiba tudo sobre Campinas e Região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.