Projeto de Lei quer suspender PIX em São Paulo: “Tentação do bandido”

São Paulo – O Projeto de Lei nº583/2021 do deputado Campos Machado, publicado no Diário Oficial em 4/9, prevê a suspensão do PIX no estado de São Paulo. A medida vale até que o Banco Central crie mecanismos de segurança para evitar golpes e sequestros.

A proposta reconhece a comodidade que o PIX traz aos usuários, mas alega que a rapidez também é um facilitador para sequestros-relâmpagos e outros crimes violentos.

“Em nome da segurança e da integridade física dos cidadãos, é que propomos o presente projeto de lei, suspendendo o mecanismo do PIX, no momento”, consta no texto do PL.

A proposta de lei defende que o Banco Central precisa desenvolver dispositivos para impedir que criminosos forcem vítimas a fazer transferências bancárias.

Críticas ao projeto

O deputado Arthur do Val (Patriotas) também conhecido por “Mamãe Falei” , nome do seu canal no YouTube, criticou no Twitter a iniciativa de Campos Machado.

“O projeto mostra claramente como os políticos brasileiros tem a mentalidade de matar o boi para não ter carrapato”, disse Arthur em entrevista ao Metrópoles.


0

O deputado afirmou que lutará para barrar a tramitação do projeto na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

“O Pix é uma forma de desburocratizar, é uma modernização. Se há risco de golpe tem que proibir todas as transações financeiras. É um projeto de lei sem sentido”, afirmou do Val.

Questionado sobre em qual etapa de tramitação na Alesp o projeto tem chances de ser barrado, o deputado do Partido Patriota disse que não é possível prever: “tem que esperar para sentir o clima, porque o Campos Machado é um deputado bem tradicional”.

O Metrópoles procurou Campos Machado, do partido Trabalhista Brasileiro, para comentar o projeto de lei, mas até o momento não obteve resposta.

O post Projeto de Lei quer suspender PIX em São Paulo: “Tentação do bandido” apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.