“Quem não investe vai se arrepender monstruosamente” – Criptomoedas DeFi valorizaram até 10.822% em 2021 e deixaram a rentabilidade do Bitcoin ‘no chinelo’; saiba como lucrar

“Quem não investe vai se arrepender monstruosamente” - Criptomoedas DeFi valorizaram até 10.822% em 2021 e deixaram a rentabilidade do Bitcoin ‘no chinelo’; saiba como lucrar

Há uma forma de investir em criptomoedas DeFi começando com R$ 100, sem mudar a forma como declara imposto de renda e sem precisar de carteiras digitais; entenda

O bitcoin valorizou 12.518% nos últimos 5 anos, fazendo com que aqueles que apostaram na principal criptomoeda do mundo acumulassem um patrimônio milionário. Para você ter uma ideia, quem investiu R$ 1 mil no BTC lá atrás, em 6 de agosto de 2016, hoje teria cerca de R$ 126.180 livre de impostos, de acordo com cotações do Google Finance. E, com um investimento de R$ 15 mil, teria sido possível alcançar a quantia de R$ 1 milhão.

E se engana quem pensa que a oportunidade de fazer dinheiro com o bitcoin passou. Após três meses no negativo, a criptomoeda voltou a subir no final de julho e chegou a 10 dias consecutivos de alta. Recentemente, ela também alcançou novamente o patamar de US$ 50 mil, que não atingia desde maio deste ano.

No entanto, apesar de ter retomado as perdas, a principal criptomoeda tem ficado para trás quando comparada a outros ativos digitais. Depois de mais de 13 anos “reinando sozinho”, agora o bitcoin cede espaço para uma outra classe de ativos digitais. Ela foi responsável por entregar valorização de até 10.822% em 2021 e pode ir além, com capacidade de superar todo o upside que o bitcoin já entregou desde a criação.

Estou falando das criptomoedas DeFi, ativos digitais ligados ao universo de finanças descentralizadas. O bitcoin tem ficado no “chinelo” desde o surgimento desta classe de criptomoedas, já que além de oferecer alto potencial de valorização, está propiciando uma verdadeira revolução no mercado financeiro.

Não à toa, de janeiro a agosto deste ano, os retornos mais explosivos entre as classes de ativos digitais vieram todos de 20 criptomoedas DeFi, como você pode constatar com seus próprios olhos na tabela abaixo:

Tabela mostra retorno de 20 criptomoedas DeFi entre janeiro e agosto de 2021. Imagem: Empiricus

Ao contrário do que foi feito com o bitcoin, que foi tido como investimento marginalizado por muitos anos antes de alcançar valorizações impressionantes, as DeFi caíram no radar dos investidores rapidamente. Um dos que percebeu a tempo os lucros absurdos que essa classe de ativos pode entregar foi o empresário e influencer Felipe Neto.

Alguns dias atrás, ele recomendou em sua conta no Twitter, onde é seguido por 13,7 milhões de pessoas, o investimento em criptomoedas de forma imediata, sob pena de se arrependerem “monstruosamente” em um “futuro muito próximo”, assim como aconteceu com aqueles que ficaram de fora do bitcoin em meados de 2017:

Tweet do influenciador Felipe Neto diz que quem não está investindo em criptomoedas hoje irá se arrepender monstruosamente num futuro muito próximo. Imagem: Reprodução

E ele tem razão. André Franco, eleito pela CoinTelegraph como um dos criptoanalistas mais influentes do Brasil, acredita tanto no crescimento deste setor que recentemente aportou a quantia de R$ 100 mil, apostando no potencial de valorização das criptomoedas DeFi.

Na opinião dele, aqueles que ficarem de fora estão simplesmente ignorando o retorno em potencial gigantesco para o portfólio nos próximos anos.

“Ignorar o potencial das criptomoedas DeFi é o mesmo que deixar dinheiro na mesa”

Ano após ano, o sistema financeiro encontra formas de simplificar e modernizar o modo como fazemos transações. Recentemente, vimos isso acontecer com a criação do PIX, método de pagamento instantâneo que substituiu operações como TED e DOC. E pode ser que você não saiba ainda, mas as criptomoedas DeFi surgiram com o mesmo intuito: tornar a sua vida financeira mais fácil e prática.

Os pagamentos de empréstimos até pouco tempo atrás estavam disponíveis apenas em instituições financeiras e bancos estabelecidos. Mas a introdução da tecnologia de Blockchain revolucionou totalmente esse cenário. Hoje, as finanças descentralizadas permitem reproduzir serviços do sistema financeiro sem a necessidade de intermediação.

Isso só é possível pois o ecossistema das DeFi está concentrado na Ethereum. Ao contrário do bitcoin, essa moeda digital não só permite transações financeiras, como também facilita o desenvolvimento de aplicações descentralizadas. Atualmente, ela processa bilhões de transações diárias sem que qualquer empresa precise certificá-las.

Por essa razão é que as criptomoedas DeFi têm um horizonte enorme de crescimento pela frente, e não devem parar de valorizar tão cedo. Na análise de Franco, “temos diante de nós uma oportunidade incrível de buscar fortuna, de uma forma que nenhum outro investimento pode proporcionar”.

E não pense que o que estou dizendo aqui não passa de sensacionalismo. Com uma breve pesquisa você chegará à mesma conclusão, já que a cada ano a lista de empresas que utilizam a tecnologia Blockchain e se beneficiam das finanças descentralizadas só cresce:

Manchete diz que a lista de 50 empresas pioneiras no uso da Blockchain conta com Samsung, Boeing e NBA. Imagem: Exame.

A tecnologia Blockchain tem a capacidade de tornar organizações mais transparentes, democráticas, descentralizadas, eficientes e seguras, de forma a evitar fraudes. Por isso, é provável que ela venha a impactar diferentes setores da economia nos próximos anos. E, se você ficou interessado nesta nova classe de ativos digitais e quer se beneficiar do potencial de lucros que ela oferece, tenho uma boa notícia para te dar.

A Vitreo, gestora com mais de R$ 12 bilhões de patrimônio sob custódia, criou não apenas uma, mas quatro soluções para lucrar com estas tecnologias. Estou falando de fundos de investimento que reúnem os ativos com maior potencial de lucro do criptomercado: bitcoin, Blockchain e criptomoedas DeFi.

E por que fundos de investimento? É o que você pode estar se perguntando… Como você verá mais à frente, investir em criptomoedas há pouco tempo atrás envolvia um processo burocrático e que muitas vezes gerava enorme prejuízo. Mas, graças a soluções como a da Vitreo, hoje é possível que qualquer pessoa invista e ganhe dinheiro com este mercado.

E, se você quiser entrar nessa “empreitada”, pode conhecer as opções de investimento em criptomoedas DeFi e bitcoin que a gestora está disponibilizando neste momento. Trata-se de uma maneira de capturar lucros enormes do criptomercado de forma simples:

  • Sem ter que abrir conta no exterior;
  • Sem precisar de carteiras digitais;
  • Declarando o seu imposto de renda como sempre fez; e
  • Investindo em reais.

Não importa se você é ou não um simpatizante do mercado de criptomoedas. O que realmente importa neste momento é uma oportunidade de lucro brutal, com potencial de mudar completamente o seu patamar financeiro atual, sobretudo com a possibilidade de investir com total facilidade e sem precisar colocar uma grande quantia de dinheiro.

“A questão não é gostar do mercado de criptomoedas ou não. Ignorar o potencial de valorização do mercado de ativos DeFi é acabar deixando dinheiro na mesa” – André Franco

CONHEÇA AQUI 4 MANEIRAS DE INVESTIR EM CRIPTOMOEDAS DEFI, BITCOIN E BLOCKCHAIN DE FORMA FÁCIL E EM REAIS

R$ 100 são suficientes para acelerar o rendimento da sua carteira com os lucros surreais dos criptoativos

Até agora, os lucros surreais dos ativos digitais tinham um único problema: envolviam grande complexidade nas transações de compra e venda. Para você ter uma ideia, algumas pessoas perderam toda a valorização que capturaram com criptomoedas, já que as carteiras digitais exigem senhas de mais de 50 caracteres que, caso sejam esquecidas, não podem mais ser recuperadas:

Manchete fala sobre o drama dos investidores que perderam uma fortuna em bitcoin e criptomoedas devido ao esquecimento da senha. Imagem: Portal do Bitcoin

Mas, felizmente, esse não é mais um contratempo para o investidor que deseja lucrar com o criptomercado. Com as soluções que a Vitreo implementou, você tem a possibilidade de investir no bitcoin e em outros criptoativos que possuem enorme potencial de ganhos com uma quantia inicial de meros R$ 100.

Sei que em um primeiro momento R$ 100 podem parecer pouco. No entanto, no mundo dos criptoativos, uma pequena quantia de reais já é passível de se transformar em uma fortuna. Afinal, estamos falando de uma classe que tem por natureza gerar lucros exponenciais.

Como você mesmo viu, em cerca de 8 meses as criptomoedas DeFi entregaram até 10.822% de valorização, enquanto o bitcoin valorizou 12.518% nos últimos 5 anos. Qual outro tipo de investimento pode proporcionar ganhos tão expressivos com aportes tão pequenos ao longo do tempo? Pois é, é aí que está o “pulo do gato”.

Investindo hoje a partir de poucos cliques, diretamente do Brasil e em reais, há uma chance de multiplicar por muitas e muitas vezes, como nos exemplos citados anteriormente. Um único aporte pode ser brutal e de alto impacto no seu portfólio, e é justamente isso que a equipe da Vitreo espera proporcionar a você com as soluções que criou:

CONHEÇA AQUI 4 MANEIRAS DE INVESTIR EM CRIPTOMOEDAS DEFI, BITCOIN E BLOCKCHAIN DE FORMA FÁCIL E EM REAIS

Fundos de criptomoedas já entregaram até 495,86% de lucro no intervalo de um ano; você vem ou vai ficar de fora?

Os fundos de investimento em criptomoedas oferecidos pela Vitreo já entregaram até 495,86% de lucro, como foi o caso do fundo Criptomoedas desde a sua criação, em 20 de fevereiro de 2020, até 26 de agosto de 2021. Ele está disponível apenas para investidores qualificados, ou seja, que possuem mais de R$ 1 milhão em investimentos financeiros.

Mas caso este não seja o seu caso, não precisa desanimar. A gestora também conta com opções para investidores comuns que desejam se beneficiar do potencial de valorização do mercado dos criptoativos. Confira quais são as alternativas:

  • Bitcoin DeFi: fundo composto pela maior criptomoeda do mundo, o bitcoin, e as criptomoedas DeFi, que podem revolucionar o sistema financeiro digital. Está disponível para todos os investidores;
  • Cripto DeFi: concentra todos os criptoativos promissores das finanças descentralizadas. Acessível apenas para investidores qualificados;
  • Cripto Metals Blend: união entre o potencial de valorização das criptomoedas e a proteção de valor dos metais como ouro, prata, urânio e cobre. Está disponível para todos os investidores;
  • Criptomoedas: fundo mais arrojado da classe de ativos, com uma seleção irrestrita de criptoativos com maior potencial de lucro. Somente para investidores qualificados.

Para obter mais informações sobre cada um deles, basta acessar esta página. E pode ficar despreocupado, você não vai precisar desembolsar nenhum centavo para conhecer melhor cada uma das opções para investir em criptomoedas DeFi e bitcoin com a Vitreo.

E por que isso? Bom, a Vitreo reconhece que investir em ativos digitais ainda é algo novo e que gera receio para boa parte dos investidores. Por essa razão, decidiu abrir, sem nenhum tipo de custo, um material que mostra qual a melhor opção de investimento de acordo com o seu perfil. Assim, você receberá uma série de e-mails com informações e só depois irá decidir em qual fundo de investimento quer começar a aportar.

Depois de tudo isso, eu honestamente não vejo um motivo para que você não queira receber este conteúdo agora. Acesse a página para cadastrar o seu e-mail sem ter que assumir qualquer compromisso com a gestora no link abaixo. Tenho certeza de que depois você voltará para me agradecer:

CONHEÇA AQUI 4 MANEIRAS DE INVESTIR EM CRIPTOMOEDAS DEFI, BITCOIN E BLOCKCHAIN DE FORMA FÁCIL E EM REAIS

Aviso: este artigo tem a funcionalidade exclusivamente informativa, não constitui aconselhamento de investimento ou uma oferta para investir. O CriptoFácil não é responsável por qualquer conteúdo, produtos ou serviços mencionados neste artigo.

Leia também: PointPay: staking substituirá completamente a mineração

Leia também: Depois de 10.066% com AXS em 7 meses, nova criptomoeda ligada a game valorizou 13.874%; saiba como receber um lote

Leia também: Melhor fundo do Brasil? Carteira de criptomoedas entrega 568% na pandemia e abre para novos investidores; saiba como entrar

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.