Se mover a cada meia hora pode trazer benefícios à saúde, diz estudo

Por dia, passamos, em média, oito horas dormindo. Nas outras 16 horas, os afazeres parecem intermináveis. Porém, enquanto trabalhamos ou estudamos, boa parte do tempo se passa sentado,  o que pode acarretar problemas à saúde, sobretudo no metabolismo. 

Um estudo publicado no The American Journal of Physiology: Endocrinology and Metabolism por um grupo de cientistas de várias partes do mundo revelou que existe uma forma de diminuir os impactos de ficar tanto tempo sentado. Liderado por pesquisadores do Instituto Karolinska, na Suécia, a análise mostrou que levantar e se mover durante três minutos em um espaço de meia hora pode diminuir os prejuízos à saúde e equilibrar os níveis de açúcar e de colesterol no sangue. 

Os pesquisadores avaliaram, por três semanas, 16 profissionais de meia-idade com alto risco de diabetes tipo 2 que toparam interromper as atividades no trabalho para fazer pausas de três minutos em intervalos de meia-hora. Os voluntários usaram, por uma semana, monitores que registravam a atividade metabólica. Os cientistas pediram que metade do grupo continuasse com a vida normal, sem qualquer mudança na rotina. 

A outra metade baixou um aplicativo com alerta de que, a cada 30 minutos, deveriam se levantar e realizar atividades que os mantivessem ativos, como caminhar nos corredores, subir lances de escadas ou fazer agachamentos. Porém, o aplicativo só registraria se o voluntário desse ao menos 15 passos.

Depois das três semanas, os cientistas confirmaram que o grupo que manteve a rotina continuou apresentando problemas relacionados à resistência à insulina, controle de açúcar no sangue e níveis de colesterol. A outra metade conseguiu diminuir os níveis de açúcar no sangue e aumentou a quantidade de colesterol HDL, considerado bom. 

No estudo, os pesquisadores também descobriram que, embora 15 passos duas vezes por hora possam ser um bom começo, eles não devem ser os únicos movimentos adotados para reduzir o estrago. Em entrevista ao New York Times, o professor do Instituto Karolinska, Erik Näslund, afirmou que as pessoas devem manter o corpo em constante movimento. “Suba pelas escadas em vez de pegar o elevador. Desça um ponto de ônibus antes no caminho para casa. São pequenas alterações benéficas para a saúde metabólica”, declarou. 

Esgotamento postural

Com a pandemia do novo coronavírus e o trabalho home office adotado pela maioria das empresas, a tendência, segundo os pesquisadores, é não prestarmos atenção em quanto tempo permanecemos sentados e nem como isso afeta a nossa saúde. Nos Estados Unidos, por exemplo, dados de estudos epidemiológicos mostraram que os adultos normalmente ficam sentados por cerca de seis horas e meia por dia, sendo a maior parte desse tempo ininterrupta. 

De acordo com os cientistas, isso prejudica muito o metabolismo do corpo. Segundo a pesquisa, quando passamos muito tempo sentados, a musculatura da perna não se contrai e, por isso, acumula açúcar no sangue e o colesterol nos membros inferiores.

O post Se mover a cada meia hora pode trazer benefícios à saúde, diz estudo apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.