‘Setembro Amarelo’: ações de valorização à vida são realizadas nas unidades de saúde de Uberlândia

Atividades como palestras, oficinas e rodas de conversa ocorrerão nos Centros de Atenção Psicossocial e no Centro de Convivência e Cultura até o próximo dia 30 de setembro. Os Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e o Centro de Convivência e Cultura em Uberlândia passaram a receber nesta quarta-feira (15) atividades e oficinas para os pacientes acolhidos. As ações fazem parte da campanha de prevenção ao suicídio ‘Setembro Amarelo’.
A programação inclui palestras sobre prevenção ao suicídio, promoção à saúde, oficinas de artesanato e rodas de conversa sobre o tema, entre outros eventos. As atividades vão até o dia 30 de setembro.
Para a médica e supervisora de saúde mental do Caps Álcool e Drogas, Gabriela Scalia, realizar as atividades em alusão ao Setembro Amarelo é um momento importante para todos, principalmente devido aos isolamentos sociais que ocorreram nos momentos mais graves da pandemia do coronavírus.
“Isso [o isolamento social] provocou um aumento de casos de transtornos depressivos, ansiosos, conflitos familiares, afetando o bem estar de todos. Por isso, preparamos uma programação não só em relação à prevenção ao suicídio, mas em ações que promovam a saúde mental, buscando pensamentos de esperança, gratidão e otimismo”.
Segundo a Prefeitura, as atividades são voltadas para os pacientes acolhidos nas unidades. As equipes seguirão as regras sanitárias de prevenção ao coronavírus, como distanciamento, uso de máscara e álcool em gel.
Veja a programação e os locais:
Programação Setembro Amarelo
Endereços e telefones dos CAPS
VÍDEOS: Veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.