Som sem Plugs prorroga inscrições para edital ‘Música Transforma 2021’ até domingo (19)


Projeto vai selecionar dois artistas/grupos da Grande Natal e dois da região Oeste. Vencedores serão premiados com produção e divulgação de videoclipe original e com single de música autoral. Som sem Plugs
Divulgação
Atendendo a pedidos do público-alvo, as inscrições para o edital Música Transforma 2021, do projeto cultural Som sem Plugs, foram estendidas. Os candidatos têm até domingo (19) para garantir a participação.
O edital deste ano está focado nos artistas e grupos que realizam trabalhos autorais e que sejam da capital, dos municípios da Grande Natal e da região Oeste do RN. Serão selecionados dois artistas/grupos da Grande Natal e dois artistas/grupos do Oeste.
Cada artista/banda poderá realizar apenas uma única inscrição.
A meta é superar o alcance da edição anterior, chegando cada vez mais perto dos artistas e dos mais variados estilos presentes no cenário musical do Rio Grande do Norte.
Os quatro vencedores serão premiados com a produção e divulgação de um videoclipe original e com um single da música autoral apresentada durante a competição.
As inscrições são gratuitas e devem ser feitas através do e-mail editalmusicatransforma@gmail.com, contendo: release completo com endereço e contatos; foto para divulgação em alta resolução e link para YouTube de vídeo com interpretação da música escolhida para o edital; link para áudio da música escolhida (opcional); links para outros áudios e/ou vídeos do artista/grupo (opcional). Confira o edital.
A seleção vai acontecer em duas etapas: a primeira, realizada por uma comissão julgadora que fará a escolha de 16 artistas/grupos. O anúncio dos selecionados para a segunda fase acontece no dia 24 de setembro. A segunda fase terá votação popular do dia 24 até 8 de outubro, pelo aplicativo Som Sem Plugs. O resultado final será divulgado no dia 9 de outubro.
No time da comissão julgadora do edital, personalidades renomadas como: Constança Scofield, instrumentista, diretora artística, empresária, produtora musical e proprietária do estúdio Toca do Bandido e da Toca Discos no Rio de Janeiro; Bruno Garcez, editor digital para a Ásia do Serviço Mundial da BBC, onde trabalha desde 2001; Indiana Nomma, nascida em Honduras e radicada em Brasília, cantora, compositora e consultora com atuação em diversas áreas do mercado musical nacional; e Heverton Nascimento, jornalista da Revista Guitar Player Brasil com passagens pela revista BIZZ e jornal O Estado de São Paulo.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.