Surfe: circuito que revela novos talentos conhece os primeiros campeões

O chamado Pico do Palanque, na praia do Campeche, no Sul da Ilha, sediou neste fim de semana a etapa de abertura do Circuito Surf Talentos Oceano 2021 em Florianópolis. Considerado um dos eventos mais disputados do calendário amador brasileiro, o circuito inicia sua sétima temporada e distribui pontos para o ranking da Fecasurf e costuma revelar expoentes desse esporte de Floripa para o mundo.

Nas ondas, os competidores disputaram as melhores manobras em nove diferentes categorias: sub-10 Mista, sub-12, sub-14, sub-16 e sub-18 masculinas e sub-12, sub-14 e sub-18 femininas. Neste ano, a novidade foi a sub-08 mista. Ao todo, cerca de 140 atletas participaram.

No sábado (11) e domingo (12), atletas, familiares e torcedores de vários estados do Brasil estiveram na orla prestigiando as baterias. Entre as mulheres, Luiza Rosa Teixeira foi a campeã na categoria sub 12. Luara Mandelli venceu na sub 14 e Laura Maciel Raupp na sub 18.  Entre os homens, Lucas Cainan ficou em primeiro na sub 16, Luiz Menddes na sub 18 e Gabriel Ogasahara na sub 14.

O Surf Talentos Oceano 2021 tem a produção da Swell Eventos, é apresentado pela Mini Kalzone e Silverbay e tem patrocínio da Oceano Surfwear, Prefeitura Municipal de Florianópolis, Curta + Floripa e Sibon Chaters. A Oceano Surfwear, fundada em 1980 e com sede em Joinville, promove desde 1999 campeonatos de surf amador com o intuito de manter vivo o esporte e dar visibilidade aos atletas amadores. Em 2011, a marca começou a patrocinar o Circuito Catarinense de Surf e em 2016, a competição passou a se chamar Surf Talentos Oceano.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.