Toyota: aumento de produção em 2022 é garantido com mais chips

Toyota: aumento de produção em 2022 é garantido com mais chips

A crise do chip tem atingido fortemente a indústria automotiva como um todo e no Brasil vários fabricantes foram atingidos, entre eles a Toyota. Há alguns dias, a montadora anunciou um aumento de produção para 2022.

A começar em janeiro, a fábrica de Sorocaba passará de 122 mil carros por ano para 152 mil unidades. Contudo, na semana passada, a Toyota revelou que o Corolla perdeu a multimídia de fábrica, sendo a nova de origem nacional e instalada na concessionária.

O motivo é exatamente a falta de chips para fornecimento dos dispositivos de infotainment para o sedã médio, fabricado em Indaiatuba. No entanto, segundo a revista Veja, fornecedores da Toyota entraram em contato com a publicação.

Os mesmos disseram que a Toyota recebeu um grande carregamento de semicondutores, que garante o adicional de 30 mil carros ao ano em Sorocaba. Segundo estes fornecedores, a aquisição teria pegado os fabricantes concorrentes de surpresa.

Toyota: aumento de produção em 2022 é garantido com mais chips

Em nota, a Toyota informou à revista Veja:

“Para garantir não só esse aumento de produção, mas termos garantido nossas fábricas produzindo durante todo esse tempo, recorremos a soluções compatíveis com os valores Toyota, como planejamento de longo prazo, diálogo constante e aberto com nossos fornecedores e a utilização do TPS – Toyota Production System, o que garante previsibilidade e confiança do fornecedor em nosso plano de produção”. 

Após o terremoto no Japão, em 2011, a Toyota mudou seus procedimentos logísticos até ter dezenas de fábricas paradas por ausência de peças, decorrente da falta de energia elétrica.

Entre 1.500 componentes considerados essenciais para manter a produção regular, os semicondutores estavam na lista. Além disso, a Toyota foi até a origem dos insumos, de forma a garantir o fornecimento de peças em momentos de crise.

Parece ser isso o que a Toyota está fazendo no Brasil, seguindo assim um protocolo que já existe no Japão após 2011. Assim, a empresa faz estoque destes componentes para garantir a produção futura, dosando o estoque que possui.

Isso é totalmente diferente do que a indústria automotiva faz normalmente, dado que as compras são de curto prazo e com entregas em just-in-time, algo que a própria Toyota criou no passado. Outros fabricantes também consideram voltar ao velho estoque de peças para evitar paralisações futuras.

[Fonte: Veja]

© Noticias Automotivas. A notícia Toyota: aumento de produção em 2022 é garantido com mais chips é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.