Transporte público: Câmara de Natal aprova convocação de secretário e presidente do Seturn para reunião com comissão


Reunião da Comissão de Transporte e Assuntos Metropolitanos é prevista para a próxima segunda-feira (13). Câmara Municipal de Natal
Elpídio Júnior
A Câmara Municipal de Natal aprovou a convocação do secretário de Mobilidade Urbana da capital, Paulo César Medeiros, e do presidente do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos (Seturn), Agnelo Cândido para prestarem esclarecimentos sobre o transporte público da capital.
As convocações atenderam a requerimento do vereador Anderson Lopes, aprovado pelo plenário. A presença dos convocados está prevista para a próxima reunião da Comissão de Transporte e Assuntos Metropolitanos marcada para segunda-feira (13).
De acordo com o vereador Anderson Lopes, a presença de Agnelo Cândido e de Paulo César Medeiros é importante para esclarecer problemas relacionados ao transporte público.
“A população natalense sofre há décadas com um transporte público caro e sem qualidade. Com a pandemia, a situação se agravou. A frota diminuiu e nunca retornou completamente, mesmo com decisões judiciais determinando o retorno dos seus 100%. Também tivemos a redução de linhas e a substituição de outras, entre vários outros problemas. Esta é uma oportunidade para que o Seturn e a STTU expliquem o que está acontecendo e mostrem que têm o mínimo de respeito pelo usuário”, disse o parlamentar.
Ambos os pedidos de convocação tinham sido apresentados na semana passada, mas foram votados separadamente, em sessões diferentes. O último, nesta quinta-feira (9).
Na quarta-feira (8), moradores de vários bairros da capital fizeram uma manifestação em frente à Secretaria de Mobilidade Urbana da capital e cobraram o retorno de linhas que foram reduzidas, suspensas nos fins de semana ou deixaram de existir.
Representantes foram recebidos pelo secretário Paulo Medeiros, que ouviu as reivindicações e se comprometeu a marcar uma reunião dos representantes dos bairros com o prefeito Álvaro Dias (PSDB).
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.