Três ficam feridos após carro derrubar postes e danificar fachada de floricultura em Ribeirão Preto, SP


Acidente ocorreu na Avenida Maurílio Biagi por volta das 3h deste sábado (11) por causas ainda não apuradas. Energia elétrica da região foi interrompida e trânsito foi parcialmente interditado. Carro derruba dois postes e atinge floricultura em Ribeirão Preto, SP
Três pessoas ficaram feridas após o carro em que estavam derrubar dois postes de energia e causar danos à fachada de uma floricultura na zona sul de Ribeirão Preto (SP) na madrugada deste sábado (11).
O acidente aconteceu na Avenida Maurílio Biagi, no bairro Ribeirânia, onde uma das três faixas seguia bloqueada até o início da tarde para os reparos. A pista marginal continuava totalmente interditada.
O fornecimento de energia elétrica na região precisou ser interrompido. Equipes da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) e de telefonia trabalham no local para restabelecer os serviços.
O acidente
Segundo o Corpo de Bombeiros, o veículo seguia pela Avenida Maurilio Biagi, no bairro Ribeirânia, por volta das 3h, quando o motorista perdeu o controle por motivos desconhecidos e derrubou o primeiro poste.
Sem conseguir parar, o condutor invadiu a pista marginal e derrubou o outro poste, antes de atingir a fachada de uma floricultura.
Dois dos ocupantes do veículo tiveram ferimentos leves e outro sofreu uma fratura. O carro ficou completamente destruído.
As vítimas foram atendidas pelos bombeiros e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhadas a um hospital da cidade.
Acidente provocou queda de dois postes e danificou fachada de floricultura em Ribeirão Preto
Marcelo Bueno de Almeida
Transtornos
Com o acidente, a fachada da floricultura ficou destruída e a energia elétrica na região precisou ser desligada.
Marcelo Bueno de Almeida, dono do estabelecimento, disse que o funcionamento vai ficar comprometido por causa dos danos.
“A fachada foi o maior prejuízo imediato. Um prejuízo que vamos ter que ver como vamos conseguir solucionar. Mas ainda acho que o maior prejuízo é que a gente vai ficar até segunda-feira [dia 13] sem conseguir estabelecer todo nosso comércio de novo por conta dos postes que foram derrubados e por conta da energia”, disse.
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Vídeos: Tudo sobre Ribeirão Preto, Franca e região
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.