Vai pedir aumento de salário? 5 recomendações antes de fazer o pedido ao chefe

Todo profissional, em alguma hora, sente a necessidade de um aumento salarial. O momento da conversa com o chefe pode ser difícil se o funcionário não estiver preparado para falar e argumentar sobre o pedido. A psicóloga, especialista e professora em Gestão de Pessoas, Cristiana Zappalá Duran, explica algumas recomendações para o profissional seguir antes da conversa com o empregador.

Dica 1: Conheça seus pontos fortes e fracos

Antes de tentar negociar um aumento de salário ou mesmo “vender-se” para seus superiores, é preciso que você se conheça bem, saiba aquilo que possui como ponto forte e como ponto fraco também. Como qualquer produto ou serviço, também passamos repetidamente por um processo de “venda” e o marketing é feito por meio dos resultados e das atitudes. Os pontos fortes são aqueles aspectos valorizados pelos outros, que seus colegas, clientes e chefes reconhecem como sendo seu diferencial. Já os pontos fracos são aqueles aspectos que você ainda comete equívocos ou sente insegurança. Conhecendo bem esses pontos, você consegue focar seu marketing interno naquilo que é o seu diferencial e tem clareza dos aspectos que precisa melhorar.

Dica 2: Saiba vender-se

Se você espera sempre que as pessoas olhem seu trabalho e se espantem com sua dedicação, essa dica é para você! Há um ditado que diz que “não basta ser, tem que parecer” e é a mais pura verdade. Não é para tornar-se alguém arrogante ou puxa-saco, mas quem não aparece não é lembrado. Quando vierem oportunidades de demonstrar seu trabalho, sua dedicação, seu zelo… agarre-as! Mostre a que veio.

+ Professores e funcionários da Unicamp voltam ao trabalho presencial

Dica 3: Invista em autoconhecimento e capacitação

Nada melhor do que trabalhar com alguém que está atualizado, que possui o conhecimento ou, ainda, que está sempre em busca de aprender algo novo. Além de enriquecer o currículo e fazer diferença quando buscarem dados sobre você, a capacitação e o autoconhecimento mostram maturidade e geram resiliência, que são hoje fundamentais para ser um profissional sempre desejado. É com a vida que nos desenvolvemos, mas com a terapia, por exemplo, podemos acelerar esse processo e melhorarmos muito nossas relações dentro e fora do trabalho. E isso é extremamente importante, já que as empresas buscam profissionais muito capacitados para recrutarem, porém o que os mantém, definitivamente, é a forma como ele se relaciona com as outras pessoas e como mantém minimamente um clima de trabalho agradável.

Dica 4: Quando for negociar, argumente com base em dados

Faça uma boa pesquisa, tanto na sua empresa como nas outras empresas do mesmo nicho ou que possuem cargo semelhante ao seu. Mostre que você não está querendo apenas ganhar mais, mas que você merece ganhar mais. Sem bons argumentos, sem dados que corroborem os argumentos, o pedido provavelmente será em vão.

Dica 5: Peça!

Estando preparado, você avaliar o momento mais propício para ter essa conversa. Nunca terá o “momento ideal”, porque momentos ideais não são reais. Também não existem o “estar completamente preparado”. Seguindo ao menos um pouco as quatro dicas anteriores, marque a conversa. Penso que às vezes, as oportunidades vêm; mas muitas vezes, nós que as criamos. E se você tiver dado uma treinada nessa conversa para que saia de uma maneira agradável, educada e sincera, há dois resultados possíveis: o sim e o não. O não você já tem, até que você tenha a conversa. Se receber um “sim”, excelente! Parabéns pelo aumento! Se receber um “não”, mas a conversa for bem conduzida, você receberá um bom feedback, que poderá te colocar na rota para um aumento daqui a algum tempo. Não é melhor saber o que te impede hoje de receber esse aumento para trabalhar nisso e consegui-lo no futuro? O “não” entrará como lição aprendida, dentro da dica 3. Então, vai com medo mesmo e mãos à obra! Só não ganha quem não pede.

O post Vai pedir aumento de salário? 5 recomendações antes de fazer o pedido ao chefe apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.