VÍDEO – Queiroga lamenta, em coletiva desastrosa, que os estados estão vacinando muito rápido

No Terça Livre, canal de fake news, ministro da Saúde diz ser contra uso obrigatório de máscara . Foto: Reprodução/YouTube

Numa coletiva de imprensa igualmente lamentável, o ministro da Saúde de Bolsonaro, Queiroga, seguiu o roteiro do extremista e disse que os estados estão vacinando muito rápido.

LEIA MAIS:

1 – Desembargadora que suspendeu vacinação obrigatória para servidores do RJ é a mesma que caluniou Marielle

2 – Allan dos Santos diz que o Sol não está no centro do Sistema Solar

Queiroga fala sobre os estados

Ministro Queiroga. Foto: Reprodução/Twitter

O titular da pasta disse que a aplicação da vacina contra Covid-19 em adolescentes foi feita de maneira “intempestiva” e criticou estados por não seguirem as orientações federais.

De acordo com Queiroga, estados estariam aplicando vacinas de outros fabricantes além da Pfizer, que é o único autorizado pela Anvisa para menores de idade. “Sigam a recomendação do PNI [Plano Nacional de Imunização], não apliquem vacinas que não têm autorização da Anvisa”, disse. “Não vamos aceitar isso. Temos compromisso com todos os brasileiros, mas em especial com os adolescentes, que são o futuro dessa nação”.

Segundo ele, quase 3,5 milhões de adolescentes já receberam o imunizante. “Três milhões e meio que receberam a vacina de forma intempestiva”, classificou.

Ontem à noite, a pasta suspendeu a vacinação para adolescentes sem comorbidades. Alguns estados já estavam aplicando o imunizante nessa população, enquanto outros previam começar hoje.

Veja um trecho da coletiva.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.