Votorantim registra quase 40 casos de leishmaniose em cães desde o início do ano


Número é maior que o registrado em todo o ano de 2020 e pode subir mais, pois ainda são aguardados os resultados de outros 74 exames. Votorantim registra quase 40 casos de leishmaniose em cães desde o início do ano
Reprodução/TV TEM
Os casos de leishmaniose em cães aumentaram neste ano em Votorantim (SP). O município já registrou 39 doentes, 12 a mais que em todo o ano de 2020, e o número pode subir mais, pois ainda são aguardados os resultados de outros 74 exames.
Equipes do Centro de Controle de Zoonoses começaram a fazer um mapeamento dos bairros para definir estratégias e eliminar focos do mosquito palha, transmissor da doença. Até a publicação desta reportagem, já haviam sido realizadas 107 notificações em 17 bairros da cidade.
O Jardim Bela Vista é o mais afetado, com nove casos detectados. O segundo bairro com maior incidência da doença é o Santa Márcia, com oito registros.
Para se reproduzir, o mosquito palha utiliza locais úmidos e com sombra ou matéria orgânica, como folhas e frutos. Eles também fazem os criadouros em fezes de animais encontradas nos currais, chiqueiros e tocas.
Em Sorocaba (SP), foram 41 casos positivos neste ano. Assim como em Votorantim, a vigilância também desenvolve trabalhos para definir estratégias de combate.
Casos de leishmaniose aumentam e preocupam moradores de Votorantim
Cuidados contra a doença
Não existe uma única forma de prevenção contra a leishmaniose. Por isso, os donos dos pets precisam ficar atentos para alguns cuidados. São eles:
Eliminar possíveis criadouros do mosquito palha, como retirar matéria orgânica do quintal e não deixar lixo acumulado;
Limpar ambientes que tenham fezes de animais;
Usar coleira repelente para cachorros;
Implantar telas nas janelas quando o bicho fica dentro de casa;
Evitar passeios noturnos com os animais. Ao anoitecer, o mosquito apresenta maior atividade.
VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM
Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.