Denúncias de violência contra idosos têm aumento de 57%

Nos cinco primeiros meses deste ano, o Disque 100 recebeu 47 mil denúncias de violência contra idosos e registrou 282 mil violações de direitos, um aumento de 57% no número de denúncias e de 87% no de violações. 

São casos de abandono, violências física, sexual, psicológica e patrimonial; discriminação e negligência contra idosos. 

Em alusão ao Dia Mundial da Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, celebrado neste dia 15 de junho, o Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania promoveu um seminário para debater ações para diminuir esse número.  

Durante o evento, o ministro dos Direitos Humanos e Cidadania, Silvio Almeida, defendeu a construção e implementação de uma política nacional dos direitos da pessoa idosa. 

Silvio Almeida também destacou que o Estatuto da Pessoa Idosa, que fará vinte anos, em outubro, precisa de ações concretas para sua garantia. 

De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, um em cada três idosos do país está em situação de pobreza ou vulnerabilidade social. São mais de 10 milhões de idosos inscritos no Cadastro Único. 

A secretária nacional de Cuidados e Família, Laís Abrão, falou sobre uma nova ação interministerial para proteger os idosos. 

O canal para denunciar violações de direitos humanos é o Disque 100. O serviço também está disponível pelo WhatsApp no número 61 99656-5008. 

Direitos Humanos Disque 100 registrou 47 mil casos só nos 5 primeiros meses do ano Brasília 14/06/2023 – 19:31 Raquel Mariano / Beatriz Albuquerque Daniella Loguinho – repórter da Rádio Nacional Violência contra Idosos quarta-feira, 14 Junho, 2023 – 19:31 196:00

Adicionar aos favoritos o Link permanente.